NOSSA HISTÓRIA

No ano de 2013 foi colocado no coração dos fundadores deste Ministério uma viagem ao Egito para conhecer um projeto que estava dando apoio aos cristãos recém convertidos. Muitos deles estavam sofrendo perseguição pela sua escolha e a igreja de Cristo estava de todas as formas tentando minimizar os danos causados pela “guerra religiosa”. Em 2014 conhecemos a fundo o projeto e fomos muito impactados por tudo o que faziam em um ambiente inóspito. Desde essa época ficou gravado em nosso coração a certeza de que algo deveria ser feito pelos cristãos perseguidos nos países muçulmanos. No início de 2015 pedimos a Deus que nos mostrasse no Egito qual seria o ministério que deveríamos levantar em Seu nome.

QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS

O ministério está baseado em dois pilares:

O primeiro pilar é o envio de missionários aos países muçulmanos para auxiliar em projetos existentes e que necessitem de apoio. Nosso interesse é ajudar a igreja de Cristo num crescimento sólido. O envio de missionários também está planejado em duas frentes: missões evangelísticas e missões profissionais. A primeira está voltada principalmente para a pregação da palavra de Deus e ensinamento bíblico. Este grupo também é responsável por dar apoio aos perseguidos que correm risco de vida, e por encaminhá-los ao Brasil para serem acolhidos pelo Centro de Apoio ao Refugiado Cristão (CARC). A segunda frente tem por objetivo ajudar ao próximo por meio do conhecimento acadêmico, sendo formada por pessoas das áreas de saúde, educação física, psicologia entre outras.

O segundo pilar, é a construção do CARC (Centro de Apoio ao Refugiado Cristão) em Londrina. O CARC tem por finalidade dar suporte psicológico, espiritual e humano, para que as feridas abertas pela perseguição sejam diminuídas, buscando inserir o indivíduo de volta na sociedade. Além disso fornece suporte teológico aos acolhidos que tenham em seu coração o desejo de se tornarem futuros missionários. Este último foco é de extrema importância para o corpo de Cristo e para nosso ministério, visto que este novo missionário não terá problemas com a língua e os costumes, saberá das dificuldades dos novos convertidos e poderá auxiliar com maior rapidez no crescimento do reino de Deus.

[email protected]

WHO WE ARE

OUR STORY

In the year 2013 it was placed in the heart of the founders of this Ministry a trip to Egypt to meet a project that was supporting the newly converted Christians. Many of them were suffering persecution for their choice and the church of Christ was in every way trying to minimize the damage caused by “religious war”. In 2014 we know the background the project and we were very affected by everything they did in an inhospitable environment. Since that time was recorded in our hearts the certainty that something should be done for the persecuted Christians in Muslim countries. In early 2015 we ask God to show us in Egypt what the ministry should we raise in his name.

WHO WE ARE AND WHAT WE DO

The ministry is based on two pillars:

The first pillar is the sending of missionaries to Muslim countries to assist in existing projects that need support. Our interest is to help the church of Christ on a solid growth. Sending missionaries is also planned on two fronts: evangelistic missions and professional missions. The first is mainly focused on the preaching of the word of God and biblical teaching. This group is also responsible for giving support to the persecuted who are at risk of life, and direct them to Brazil to be hosted by the Centre for Refugee Christian (CARC). The second front aims to help others through academic knowledge, formed by people from the areas of health, physical education, psychology and others.

The second pillar is the construction of CARC (Centre for Christian Refugees) in Londrina. The CARC is intended to give psychological support, spiritual and human, so that the wounds opened by the persecution is diminished, the individual seeking to enter back into society. Also it provides theological support that have received in his heart the desire to become future missionaries. The latter focus is of utmost importance to the body of Christ and for our ministry, as this new mission will not have problems with the language and customs, know the difficulties of the new converts and may help more quickly in the kingdom of God growth.

[email protected]