MATERIAIS

Ver Completo Desafiando o Islamismo Radical.pdf

Desafiando o Islamismo Radical

John Azumah

O mundo está sendo sujeitado a imagens horrorosas de violência religiosa. O Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria registra suas decapitações. O Boko Haram na Nigéria desfila centenas de estudantes sequestradas. O Al-Shabaab na Somália ataca um shopping em Nairóbi. Esses atos bárbaros podem nos fazer sentir impotentes, amedrontados, irados e até culpados, porque nos parece muito pouco o que podemos fazer para contê-los. Enquanto isso, comentaristas correm de um canal de televisão para outro, apresentando suas análises. Alguns condenam o EI e o Boko Haram, mas garantem aos telespectadores que os atos deles não têm nenhuma relação com o verdadeiro islamismo. Outros são de opinião que o EI e o Boko Haram representam, sim, a verdadeira face do islamismo. Nem uma das duas perspectivas ajuda. Ambas distorcem a natureza do islamismo e sua relação com o terrorismo e a violência. […]

Ver Completo Sinalizações ao Longo do Caminho.pdf

Sinalizações ao Longo do Caminho

Entendendo as Bases do Islamismo Radical Moderno

Por Marcos Amado

Desde os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, enquanto os eruditos, periodistas e políticos tentavam explicar as novas ameaças que afligiam o mundo, dois nomes apareciam de maneira persistente nos noticiários. Obviamente o primeiro é o de Osama bin Laden, o homem que inspirou os ataques. Foi ele quem ocupou as principais manchetes durante muitos anos quando o tema era o Islã. Porém, outra pessoa cujo nome não atraía tanta atenção quanto o de bin Laden, mas que era citado com frequência, começou a surgir como um dos responsáveis por prover as bases teóricas para o islã militante moderno: Sayyid Qutb. […]

Ver Completo O Jejum Muçulmano (Ramadã) e a Igreja Brasileira.pdf

O Jejum Muçulmano (Ramadã) e a Igreja Brasileira

Dr. Jeferson F. Chagas

O Ramadã é um mês especial a todo muçulmano.É o nono mês do calendário islâmico. Eles jejuam do nascer ao pôr do sol. Acreditam que as portas do céus se abrem e as do inferno se fecham sendo assim um mês para orar e somar boas obras para ser apresentada no dia do julgamento. É um período festivo onde as pessoas se encontram para comer e orar após o pôr do sol. Qual deve ser nossa atitude em relação aos muçulmanos de nosso Brasil, de nossas cidades e bairros? Que Deus desperte a igreja brasileira. “É preciso, intelectualmente, passar por Samaria (Lê-se aqui passar pelas comunidades muçulmanas). […]